Revista de Imprensa Turca: 16.01.2020

Eis as principais notícias hoje em destaque nos jornais de referência da Turquia:

Revista de Imprensa Turca: 16.01.2020

Hürriyet: "A reação de Çavuşoğlu ao Egito: Não é aceitável"

O ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlüt Çavuşoğlu, avaliou ontem os últimos desenvolvimentos de política externa durante um programa de televisão. O ministro das Relações Exteriores disse nas suas declarações que "a intervenção da polícia egípcia no escritório da Agência Anadolu, no Cairo, não é aceitável e estamos a fazer os contatos necessários".

 

Haber Türk: "Ministro Akar: Ainda é cedo para dizer que deixou de ser possível implementar um cessar fogo na Líbia"

O ministro da Defesa Nacional da Turquia, Hulusi Akar, disse que o objetivo da Turquia é tentar chegar à paz e à tranquilidade na Líbia e Idlib na Síria, com uma solução política e para impedir o derramamento de sangue. Akar falou ontem durante uma reunião com representantes da imprensa e avaliou os comentários que dizem que não é possível um cessar fogo na Líbia. Akar considera que "Não podemos dizer isso de forma conclusiva, o trabalho sobre estas questões continua".

 

Vatan: "O apelo da ministro Pekcan para a realização de investimentos mútuos em Marrocos"

A ministra turca do Comércio, Ruhsar Pekcan, depois dos seus contatos na Nigéria, deslocou-se ontem à capital de Marrocos, Rabat, para se encontrar com o ministro da Indústria, Comércio e Economia Verde e Digital de Marrocos, Moulay Hafid Elalamy. Durante a sua intervenção, Pekcan disse que Marrocos é um dos parceiros mais importantes da Turquia e que espera que os investidores turcos façam mais investimentos nesse país. A ministra acrescentou ainda que "Convidamos os empresários marroquinos a investir na Turquia".

 

Star: "As exportações turcas de autocarros, mini-autocarros e outros veículos de transporte de pessoas ultrapassaram os 2 mil milhões de dólares"

As vendas para o estrangeiro de autocarros, mini-autocarros e outros veículos de transporte de passageiros - um dos grupos de produtos de exportação da Turquia no âmbito do setor automóvel e foi líder desse sector durante 14 anos seguidos - em 2019 realizou vendas no valor de 2 mil milhões de dólares. A França foi o principal país comprador dos veículos de transporte de passageiros feitos na Turquia, durante o ano de 2 019.

 

Yeni Şafak: "A Turquia viveu em 2 019 o quarto ano mais quente dos últimos 49 anos"

Na Turquia, e devido ao número de tempestades contínuas em 2 019 acima do nível normal para cada temporada, viveu-se o quarto ano mais quente dos últimos 49. De acordo com as informações obtidas com base nos dados da Direção Geral de Meteorologia, a temperatura média subiu 1,3 graus para os 14,8 graus, no ano passado.



Notícias relacionadas