Revista de Imprensa Internacional: 11.07.2019

Aqui ficam as notícias hoje em destaque sobre o mundo e a Turquia na imprensa internacional:

Revista de Imprensa Internacional: 11.07.2019

Países de Língua Espanhola

El País (Espanha): "A primeira general na história das Forças Armadas de Espanha"

Infobae (Argentina): "Hiper inflação na Venezuela: o índice de inflação anual chegou aos 445. 482,2% em junho"

La Razón (Bolívia): "Centas de taxistas protestam na Colômbia contra a UBER  e outras plataformas" 

 

França:

Le Monde: "128 mulheres foram assassinadas pelos seus esposos ou ex-companheiros em França, em 2 018"

Le Figaro: "Washington deu início a uma investigação sobre a aplicação de impostos em França aos gigantes tecnológicos americanos"

Le Parisien: "Até ao ano de 2 050, o clima em Paris será semelhante ao clima atual em Canberra, na Austrália"

 

Alemanha:

Focus.de: "Angela Merkel voltou a tremer pela terceira vez. O último incidente com tremores durou mais de um minuto"

Spiegel-Online.de: "Investigação de Bertelsmann: metade da população olha para o islão como uma ameaça"

Deutsche Welle: "O ministro da Economía da Alemanha, Altmaier, quer mitigar os desacordos comerciais com os Estados Unidos"

 

Rússia:

Izvestia: "Aumentou a procura por especialistas do setor da construção na Rússia"

Agência RIA Novosti: "Por que é que o fornecimento dos S-400 à Turquia assusta tanto os Estados Unidos?"

Agência RIA Novosti: "Os voluntários de Istambul vão ajudar os turistas a comunicarem com a população local"

 

Países Árabes:

Al Quds Al Arabi (Palestina): Os ministros árabes da Informação vão reunir-se na próxima semana para abordarem os passos a dar contra a decisão americana sobre Jerusalén"

Al Sharq Al Awsat (diário saudita publicado no Reino Unido): "O presidente americano Donald Trump ameaçou impor em breve sanções adicionais ao Irão"

Al Raya Al Qatariya (Qatar): "Os bens israelitas invadem os mercados do Bahrein"

 

Países Lusófonos:

Folha de S. Paulo (Brasil): " Ameaça do centrão faz Maia suspender votação da reforma após aprovar texto-base. Centrão se aliou à oposição e pretendia passar propostas que desidratariam o texto, que teve 379 votos a favor e 131 contra"

Diário de Notícias (Portugal): " Somos menos e estamos mais velhos, casamos pouco e continuamos pobres. A população portuguesa diminuiu em dez anos, ficou muito mais velha, casa menos, tem menos filhos, e os que nascem são mais de pais não casados. Este é o retrato traçado pela Pordata e divulgado hoje. Os dados vão desde 2007 a 2018"

O País (Moçambique): "Cerca de 2.8 milhões de pessoas estão vulneráveis à seca no país. Cerca de 2.8 milhões de pessoas em 27 distritos do país estão vulneráveis à seca. A informação foi avançada, hoje, pelo primeiro-ministro na abertura do Simpósio de Estratégias para o Desenvolvimento das zonas áridas e Semi-áridas"



Notícias relacionadas