6 civis perderam a vida nos ataques do regime em Idlib

Os ataques aéreos e terrestres do regime e seus partidários continuam.

6 civis perderam a vida nos ataques do regime em Idlib

Há 6 civis mortos incluindo muitas crianças e 3 civis feridos de uma família nos ataques aéreos dos aviões do regime de Bashar Asad na Síria contra localidades dentro das fronteiras da Zona Desmilitarizada de Idlib.

Os ataques do regime e seus apoiantes continuam no círculo eleitoral de Marratinnuman, na cidade de Temaniye, nas aldeias de Marrithirme, Hazarin, Rekaya, Nukeyyer, Sheikh Mustafa, Deyr Sarki e a nordeste da zona rural de Hama nas aldeias de Kefer Zita e latamina.

O diretor da Defesa Civil do Idlib Mustafa Hac Yusuf, diante dos microfones da Agência Anadolu, disse que as fatalidades e os feridos do último ataque são da mesma família na aldeia de Deyr Sarki, como resultado dos ataques aéreos do regime de Asad.

As fontes da casa branca dos aviões de guerra russos opositores realizaram ataques nas proximidades do distrito de Marratinnuman em Idlib. Mais de 750 mil civis foram despejados nos ataques perpetrados pelo regime de Assad e seus partidários violando o cessar-fogo de 17 de setembro de 2018 acordado entre a Turquia e a Rússia. A Rede de Direitos Humanos da Síria declarou que 781 civis foram mortos, incluindo 208 crianças e 140 mulheres nos ataques perpetrados por Asad e seus partidários na Zona de Distúrbios de Idlib entre 26 de abril e 27 de julho.



Notícias relacionadas