Venda de armas para a Arábia Saudita pelo Reino Unido após o assassinato de Khashoggi

Nas notícias da televisão inglesa Sky News foi sublinhado que este número não era final e também é possível que o volume comercial tenha ampliado mais

Venda de armas para a Arábia Saudita pelo Reino Unido após o assassinato de Khashoggi

Foi informado que o Reino Unido vendeu a este país armas de 11,5 milhões de esterlinas nos três meses que se seguiram ao assassinato do jornalista Jamal Khashoggi no Consulado da Arábia Saudita em Istambul.

De acordo com a notícia dos dados obtidos do Ministério do Comércio Internacional do Reino Unido, entre os equipamentos militares vendidos à Arábia Saudita estão a munição perfuradora de armaduras, equipamento de guerra eletrônica e dispositivos para consertar e neutralizar granadas.

Nas notícias é relatado que na venda de armas que fizeram o Reino Unido para a Arábia Saudita nesses três meses houve um aumento de 94% em relação ao mesmo período do ano passado.

O jornalista saudita Khashoggi em 2 de outubro de 2018 foi morto no Consulado da Arábia Saudita em Istambul, onde se transladou para o processo de casamento.



Notícias relacionadas