Exército iraquiano e aliados cercam maior parte da cidade de Fallujah

Forças do Exército e milicianos xiitas aliados afirmam ter cercado a maioria da cidade tomada pelo Daesh

Exército iraquiano e aliados cercam maior parte da cidade de Fallujah

Forças do Exército iraquiano e milícias xiitas aliadas cercaram a maioria das partes de Fallujah, no contexto das operações em curso para libertar a cidade assolada pela guerra do grupo terrorista Daesh, disseram fontes de segurança iraquianas nesta segunda-feira de manhã.

A campanha para retomar Fallujah, que está sendo apoiada por ataques aéreos realizados por uma coalizão anti-Daesh internacional liderada pelos Estados Unidos, "ganhou impulso nesta segunda-feira de manhã, com as forças iraquianas ao redor da maior parte da cidade," disse o membro Raji Barakat do Conselho Provincial de Anbar à Anadolu Agência.

As forças iraquianas, acrescentou, "continuaram a fazer progressos nas partes do sul, leste e norte da cidade".

De acordo com Barakat, militantes do Daesh tentaram impedir o avanço do exército com o uso de carros armadilhados, foguetes Katyusha, morteiros e minas.

As operações em curso para retomar Fallujah, que começaram oficialmente há uma semana, baseiam-se principalmente sobre as tropas do Exército iraquiano, as forças de combate ao terrorismo, unidades da polícia federal, o Hashd al-Shaabi (um guarda-chuva das milícias xiitas iraquianas) e membros de tribos armadas.

Localizada ao longo do rio Eufrates cerca de 50 quilômetros a oeste da capital iraquiana Bagdá, Fallujah - que foi tomada pelo Daesh no início de 2014 - é acreditada ser o lar de cerca de 90.000 habitantes.



Notícias relacionadas