Mensagem dos ministros europeus: "Estamos prontos a negociar novas medidas para o Brexit"

Exceto na questão da cláusula de salvaguarda da Irlanda no Brexit, a Europa está disposta a negociar todas as opções.

Mensagem dos ministros europeus: "Estamos prontos a negociar novas medidas para o Brexit"

Os ministros dos países membros da UE declararam estarem prontos para fazer novas ofertas ao Reino Unido, mas deixaram claro que irão negociar a cláusula de salvaguarda da Irlanda no processo Brexit.

A ministra francesa dos Assuntos Europeus, Amelie De Montchalin, ao falar sobre este assunto com os jornalistas na véspera do Conselho de Assuntos Gerais da UE, disse que o bloco europeu está disposto a negociar novas ofertas sobre o Brexit, mas permanecerá fiel ao princípio do mercado comum e ao Acordo da Sexta-feira Santa na Irlanda.

Montchalin sublinhou que a cláusula de salvaguarda da Irlanda não pode ser negociada depois do Brexit, por se tratar de uma questão de segurança.

O ministro belga dos Negócios Estrangeiros, Didier Reynerders, disse o seguinte sobre a questão do Brexit: “Vamos aguardar uma nova oferta do Reino Unido. Continua a haver muita controvérsia em Londres. É difícil dizer algo em concreto antes de recebermos uma oferta. Vamos ver qual será a proposta de Londres, juntamente com Michel Barnier, o principal interlocutor da UE para o Brexit. A UE tem algumas linhas vermelhas no processo do Brexit. ”

O ministro finlandês dos Assuntos Europeus, Tytti Tuppurainen, cujo país assume atualmente a presidência rotativa da UE, disse que estará sempre pronto para negociar, caso o Reino Unido faça uma nova proposta: “Até agora, ainda não houve nenhuma proposta que resolva a questão da cláusula de salvaguarda da irlanda no Acordo do Brexit ".

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, deseja eliminar a cláusula de salvaguarda do Brexit, que foi acordada por Theresa May. O governo britânico alega que viola os direitos de soberania do país. O artigo impede a criação de uma fronteira física entre a Irlanda do Norte – um território do Reino Unido - e a República da Irlanda, um país membro da UE.

A UE, por sua vez, salienta que este artigo é necessário para garantir os direitos da República da Irlanda e para não ser violado o Acordo da Sexta-feira Santa, acordado em 1 998. Nesse ano, o Reino Unido e o governo da República da Irlanda assinaram o Acordo da Sexta-feira Santa, que pôs fim à guerra de baixa densidade que durou quase 30 anos na ilha irlandesa.



Notícias relacionadas