Após a reabertura da fronteira, 18.000 pessoas entraram na Colômbia vindas da Venezuela

O presidente venezuelano ordenou a reabertura da fronteira no estado de Tachira na sexta-feira, após quase quatro meses de fechamento da fronteira com a Colômbia.

Após a reabertura da fronteira, 18.000 pessoas entraram na Colômbia vindas da Venezuela

As autoridades colombianas informaram a entrada de mais de 18.000 pessoas da Venezuela e a saída de mais de 8.000 pelas etapas autorizadas no departamento colombiano do Norte de Santander na manhã deste sábado, após o anúncio feito pelo presidente Nicolás Maduro para abrir as passagens de fronteira no estado de Táchira.

Segundo a Migración Colombia, o fluxo de pessoas, que registra um ligeiro aumento em relação aos dias anteriores, "permanece dentro das médias normais e é monitorado minuto a minuto".

A autoridade migratória notificou que possui um plano de contingência que incluiria 10% a mais de oficiais e equipamentos tecnológicos, caso "algum incremento incomum" esteja presente no referido fluxo."

Temos acompanhado o comportamento das oito travessias de fronteira que temos com a Venezuela, sem novos desenvolvimentos. Estamos felizes pelo povo venezuelano, que não terá mais que ir às trilhas para chegar à Colômbia", disse o diretor da Migração Colômbia, Christian Krüger.

Apesar do que afirmou o funcionário, a imprensa venezuelana aponta que persistem irregularidades na fronteira e que várias pessoas continuam atravessando estradas e travessias ilegais.

Além disso, apesar da decisão de Caracas, os contêineres colocados pelo partido no poder em fevereiro passado em pontes internacionais continuam a bloquear a passagem de veículos.

Agência Anadolu



Notícias relacionadas