Começou a evacuação devido à erupção do Vulcão de Fogo na Guatemala

Os cientistas informaram que o material incandescente expelido pelo vulcão já chega a 600 metros de altura acima da cratera, e que há pedras a serem lançadas a 800 metros.

Começou a evacuação devido à erupção do Vulcão de Fogo na Guatemala

As autoridades de proteção civil da Guatemala anunciaram que a comunidade de Sangue de Cristo começou a ser evacuada, devido ao aumento da atividade eruptiva do Vulcão de Fogo, situado a 50 kms da capital guatemalteca.

Segundo a Conred (Coordenadora Nacional para a Prevenção de Desastres), esta evacuação tem um caráter preventivo tendo em conta o aumento da atividade vulcânica.

De acordo com o Instituto Nacional de Sismologia, Vulcanogia, Meteorologia e Hidrologia (Insivumeh), a montanha do Vulcão de Fogo com 3 763 metros de altura entrou em erupção na noite de domingo. Esta é a quinta erupção deste vulcão este ano.

As explosões do vulcão passaram de moderadas a fortes, com as colunas de cinzas a elevarem-se 5 kms acima do nível do mar. Os cientistas informaram que o material incandescente expelido pelo vulcão já chega a 600 metros de altura acima da cratera, e que há pedras a serem lançadas a 800 metros.

O manto de lava segue agora em direção a Ceniza e já tem 2 500 metros de extensão.

O Vulcão de Fogo situa-se entre os municípios de Escuintla, Sacatepéquez e Chimaltenango, e teve a sua mais violenta erupção no passado dia 3 de junho, que provocou 190 mortos e afetou mais de 1,71 milhões de pessoas.

A Conred mantém uma vigilância permanente da atividade do Vulcão de Fogo, o mais ativo dos 32 vulcões da Guatemala.



Notícias relacionadas