Declarado o estado de emergência em várias regiões do Chade, depois dos conflitos interétnicos

“Devemos desarmar os civis, recolhendo o armamento que está nas mãos da população local” – anunciou o presidente do país durante a sua visita a Sila.

Declarado o estado de emergência em várias regiões do Chade, depois dos conflitos interétnicos

O presidente do Chade, Idriss Deby, declarou o estado de emergência nas províncias de Sila e Ouaddai, depois da morte de um grande número de pessoas por causa dos conflitos interétnicos no país.

“Estamos a mobilizar as forças armadas para garantir a segurança na região. Devemos desarmar os civis, recolhendo o armamento que está nas mãos da população local” – anunciou o presidente do país durante a sua visita a Sila.

Pelo menos 9 pessoas morreram nos conflitos étnicos ocorridos no dia 9 de agosto em Ouaddai. Há também tensão entre etnias diferentes no estado de Sila.



Notícias relacionadas