Reino Unido vai retirar os seus aviões de caça no Iraque e na Síria

8 aviões de caça “RAF Typhon” da Royal Air Force do Reino Unido serão retirados no próximo mês.

Reino Unido vai retirar os seus aviões de caça no Iraque e na Síria

O Reino Unido vai reduzir o número dos seus aviões de caça a operar no Iraque e na Síria.

De acordo com uma notícia publicada pelo jornal britânico Daily Mail, baseada em fontes das autoridades militares, 8 aviões de caça “RAF Typhon” da Royal Air Force do Reino Unido serão retirados no próximo mês.

Apenas 6 aviões de caça “RAF Typhon” e 10 aviões não tripulados “Reaper” vão permanecer no Médio Oriente.

Uma fonte militar de alto nível considera que a retirada dos aviões de caça britânicos da região “não vai, de forma alguma, debilitar a firmeza das forças britânicas na sua missão contra um regime em estado deplorável”.

É notável que o Reino Unido tenha dado este passo pouco depois da decisão dos Estados Unidos de retirarem as suas tropas da Síria.

O presidente americano Donald Trump publicou várias mensagens nos dias 19 e 20 de dezembro de 2 018, dizendo que estava concluída a luta americana contra o DAESH, o único motivo para a presença das tropas americanas na Síria.

O presidente americano sublinhou que chegou o momento para o regresso das tropas americanas a casa. E nos dias a seguir a tornar pública a sua decisão, passou a mensagem de que “a retirada será lenta e segura”, na sequência das sugestões dos serviços de segurança dos Estados Unidos.



Notícias relacionadas