Regime de Assad usou mais de 2 900 bombas de barril em apenas 6 meses

A Rede Síria para os Direitos Humanos publicou um relatório sobre os ataques com bombas de barril lançadas pelo regime sírio.

Regime de Assad usou mais de 2 900 bombas de barril em apenas 6 meses

A Rede Síria para os Direitos Humanos (SNHR), publicou um relatório sobre os ataques com bombas de barril lançadas pelo regime sírio contra a população civil, nas regiões controladas pela oposição entre os meses de Janeiro e junho.

O relatório indicou que um total de 169 civis, entre os quais 44 crianças e 52 mulheres, morreram devido ao lançamento de 2 908 bombas de barril usadas durante os ataques do regime nos primeiros 6 meses do ano de 2 018.

Segundo este relatório, o regime tomou como alvo 32 locais pertencentes à sociedade civil, incluindo 9 mesquitas e 18 centros de saúde, que foram atacados com bombas de barril.

O número de ataques com bombas de barril foi o seguinte na primeira metade deste ano: 427 bombas de barril em Janeiro, 407 em fevereiro, 793 em março, 93 em maio, 761 em abril e 427 em junho.

No relatório, é feito um apelo para que seja posto fim aos ataques com bombas de barril, e para que deixe ser dado apoio militar e financeiro ao regime de Damasco.



Notícias relacionadas