"Um provável euro-exército não será a alternativa da OTAN"

Stoltenberg fez avaliações sobre as controvérsias sobre o euro-exército

"Um provável euro-exército não será a alternativa da OTAN"

O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, fez avaliações sobre o exército europeu que causaram a polêmica até mesmo por suas alegações. Stoltenberg ao ser perguntado se o presidente francês Emmanuel Macron convocou ou não a OTAN para um real euro-exército, disse que os esforços de defesa comum da Europa mostram claramente a necessidade de fortalecer o braço europeu da OTAN.

Stoltenberg: "Mesmo quando esta realidade existir, eu aprecio esses esforços da Europa. O compartilhamento de carga pode ser desenvolvido e pode ajudar no desenvolvimento de novos talentos militares e superar a destruição da indústria de defesa europeia. Mas um exército europeu não pode ser a alternativa da OTAN. Hoje, a OTAN é uma plataforma de colaboração entre aliados, como em Kosovo e no Egeu. Aprecio os esforços de defesa europeus no âmbito da OTAN. Mais de 90% dos cidadãos da UE vivem em países da OTAN. Se não reforçar a OTAN, a defesa europeia não pode ser reforçada ".



Notícias relacionadas