Assuntos Religiosos: "É uma imoralidade horrível que ignora os valores humanos"

A Presidência dos Assuntos Religiosos da Turquia apresentou uma declaração escrita sobre a revista francesa Charlie Hebdo.

1517714
Assuntos Religiosos: "É uma imoralidade horrível que ignora os valores humanos"

A Presidência de Assuntos Religiosos da Turquia apresentou uma declaração escrita sobre a revista francesa Charlie Hebdo.

"Islamismo é uma religião de paz; e Muhammad - Mensageiro de Allah - é o profeta da misericórdia. Os muçulmanos têm uma fé que abraça os direitos humanos universais, as liberdades e os valores humanos e rejeita todos os tipos de violência e maldade. Recentemente, os ataques contra o Islã e os muçulmanos na Europa, especialmente na França, atingiram dimensões muito graves. A revista chamada Charlie Hebdo é literalmente pioneira na situação com suas publicações infames. Esta revista dark publicou um cartoon muito inato referindo-se ao nosso Profeta Muhammad e ao Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan. Declaramos abertamente que esta publicação e o que está sendo feito é um desrespeito impossível de descrever aos quase dois milhões de muçulmanos no mundo. É um crime contra a humanidade perpetrado contra os valores sagrados e a consciência. É uma imoralidade horrenda que respeita os valores humanos. Uma grande inimizade que atropela a lei. Uma política infame que ataca a dignidade humana e a liberdade de fé. Esta publicação é uma barbárie fanática que viola convenções internacionais, um ato irresponsável que prejudica a paz social e global e uma provocação intencional e cruel que agita as pessoas e as massas. Expressamos que comportamentos como calúnias, mentiras, insultos e provocações não podem ser camuflados com o conceito de liberdade. Portanto, condenamos a revista abominável, vergonha para a humanidade. Esperamos que os órgãos legislativos da França cumpram com a justiça”.



Notícias relacionadas