América do Sul ultrapassou os 5 milhões de pacientes infetados com coronavírus

O número de infetados identificados pelo estudo do Imperial College de Londres, representa 6% da população do Reino Unido.

1473080
América do Sul ultrapassou os 5 milhões de pacientes infetados com coronavírus

O número de mortes por Covid-19 em todo o mundo já ultrapassa 757 mil 471, enquanto o número de infeções é agora de 21 milhões e o número de pessoas que recuperaramultrapassa os 13 milhões 924 mil.

Os Estados Unidos, o país mais afetado pela pandemia em todo o mundo, registaram 170 mil mortes e 5 milhões 415 mil casos.

O Brasil, epicentro da epidemia na América Latina, registou 105.564 mortes e 3.229.000 até ao momento.

A agência de notícias Anadolu (AA) informa que o Brasil, na lista dos países com mais infeções na América do Sul, é seguido pelo Peru com 498.555 casos; Colômbia, com 433.805; Chile, com 380.034; Argentina com 268.574; Equador, com 98.343; Bolívia, com 95.071, e a Venezuela com 29.088 casos, segundo o Worldometer.

O México registou 55.293 mortes e 505.751 infeções.

O Reino Unido, o epicentro do coronavírus na Europa com 41 mil 347 mortes, informou que cerca de três milhões 400 mil pessoas contraíram Covid-19. O número de infetados identificados pelo estudo do Imperial College of London, uma das principais universidades do país, representa 6% da população da Inglaterra. O estudo apontou que o número de pessoas infetadas com Covid-19 em minorias de origem africana e asiática é 2 vezes maior do que em outros grupos étnicos.

Na América Latina, a lista de mortos pelo COVID-19 é liderada pelo Brasil, com 105.463 vítimas mortais. A seguir surgem o México, com 54.666 mortos, o Peru com 21.713, a Colômbia com 14.145 e o Chile com 10.299 mortos.



Notícias relacionadas