O Reino Unido e a Rússia agradecem à Turquia ajuda médica para o Covid-19

O ministro da Saúde, Fahrettin Koca, falou em videoconferência com seus colegas britânicos Matt Hancock e russo Mikhail Murashko

1404196
O Reino Unido e a Rússia agradecem à Turquia ajuda médica para o Covid-19

Os Ministros da Saúde do Reino Unido e da Rússia agradeceram à Turquia por sua ajuda médica.

O ministro da Saúde da Turquia, Fahrettin Koca, realizou conversas em videoconferência com seus colegas britânicos Matt Hancock e o russo Mikhail Murashko.

O ministro britânico Hancock agradeceu ao governo turco, que enviou materiais de proteção necessários ao Reino Unido neste período difícil.

"Eles deram uma ajuda muito importante ao Reino Unido; a Turquia tem sido o maior fornecedor para nós nesse processo", disse Hancock, que enfatizou que seu país deseja continuar em estreita cooperação no próximo processo.

Por sua vez, o ministro da Saúde da Rússia, Murashko, agradeceu a seu colega Koca pelos materiais médicos que compraram da Turquia.

Por seu lado, Fahrettin Koca enfatizou a importância de uma estreita cooperação e ajuda mútua de todo o mundo neste período extraordinário. Ele transmitiu informações detalhadas sobre o processo de tratamento médico na Turquia a seus colegas.

No diálogo com seu colega russo, o ministro Koca enfatizou que, uma vez que os dois países da mesma geografia estão dispostos a cooperar, especialmente na luta contra o coronavírus.

"Pode-se compartilhar experiências entre nossos cientistas e cientistas russos", expressou.

Durante as negociações, foi alcançado um acordo sobre o compartilhamento de informações e experiências entre o Conselho Científico da Coronavírus Turco e cientistas britânicos e russos.

Até o momento, a Turquia forneceu suporte de material médico para um total de 53 países, incluindo Alemanha, Bósnia e Herzegovina, Kosovo, Reino Unido, Irã, China, República Turca do Norte de Chipre, Palestina, Espanha, Itália, Somália,Sérvia e Tunísia.



Notícias relacionadas