China fecha seções da Grande Muralha aos visitantes

Algumas partes da Grande Muralha estarão fechadas ao turismo a partir de 25 de janeiro

China fecha seções da Grande Muralha aos visitantes

As seções de Badaling, Ming (Shisanling) e Juyongguan da Grande Muralha da China em Pequim serão fechadas para visitantes a partir de sábado, 25 de janeiro, para combater o surto do novo tipo de coronavírus (2019-nCoV) que se expande gradualmente na China.

O pessoal militar da saúde foi enviado para a cidade de Wuhan, onde o primeiro caso do vírus foi confirmado.

O número de pessoas afetadas pela epidemia aumentou para 887 e o número de mortos para 26. 

O número de casos suspeitos aumentou para 1.076.

Por outro lado, foram detectados 5 casos de novo coronavírus na Tailândia, 3 em Cingapura, 2 na Coreia do Sul, 2 no Japão, 2 no Vietnã e 1 nos Estados Unidos.

O número de pessoas afetadas pelo novo tipo de coronavírus aumentou para 902 no mundo.



Notícias relacionadas