O mundo islâmico celebra a Festa do Sacrifício, Eid al-Adha

No primeiro dia do Festa, que dura quatro dias, os cidadãos se reuniram nas mesquitas no início da manhã

kurban bayrami namaz2.jpg
kurban bayrami namaz.jpg
kurban bayrami namaz4.jpg

A Festa do Sacrifício, Eid al-Adha, é celebrada com grande entusiasmo em toda a pátria (Turquia) e no mundo islâmico.

No primeiro dia do Festa, que dura quatro dias, os cidadãos foram para as mesquitas no início da manhã.

Depois da oração, os cidadãos felicitaram-se uns aos outros pelo feriado.

Muçulmanos nos quatro cantos do mundo também vivem o entusiasmo de Eid al-Adha.

As mesquitas na Austrália estavam cheias de muçulmanos que queriam orar e compartilhar as bênçãos de Eid al-Adha.

Nas Filipinas, muçulmanos mouros rezavam em mesquitas.

Voluntários de organizações não-governamentais, que chegaram da Turquia à ilha de Mindanao, na Região Autônoma de Bangsamoro, também compartilharam o entusiasmo da festa com os muçulmanos da região.

Muçulmanos em muitos países, como a China, o Quirguistão e o Uzbequistão, reuniram-se em mesquitas e parabenizaram-se uns aos outros pela Festa.



Notícias relacionadas