De Londres a Istambul, pedalando pelo autismo

Grant Cameron-Smith, que deixou Londres para aumentar a conscientização sobre o autismo, viajou por muitos países e hoje chegou a Istambul após 70 dias.

1227949
De Londres a Istambul, pedalando pelo autismo

Depois de viajar 8.800 quilômetros de bicicleta de Londres, um ciclista sul-africano chegou a Istambul para aumentar a conscientização sobre o autismo. 

Grant Cameron-Smith, 56, também conhecido na mídia social como "CrazyBikeGuy" , começou sua jornada desafiadora em 13 de março, pedalando para a Turquia para chamar a atenção para a situação de adultos e crianças que sofrem de autismo, um condição neurocomportamental complexa. 

Ele disse que sua viagem tem como objetivo chamar a atenção para a falta de iniciativas para ajudar a integrar pessoas autistas na sociedade, bem como arrecadar fundos para uma organização de caridade focada no autismo na África do Sul.

Ao longo do caminho, o ativista sul-africano foi forçado a parar em Portugal por duas semanas devido ao mau tempo. 

"Quando comecei esta viagem, não entendi como as pessoas são realmente maravilhosas", disse Cameron-Smith à Agência Anadolu. 

Cameron-Smith, um consultor de negócios e funcionário de uma instituição de caridade para o autismo, disse que pessoas de toda a Europa o convidaram para suas casas, mesmo que ele fosse um estranho. Ele disse que as pessoas que tinham muito pouco para si tiravam suas carteiras para doar para sua caridade. 

Quanto aos turcos, ele os chamou de "os mais amigáveis ​​de todos os povos" que ele conheceu durante sua viagem de 70 dias. 

"Eu me encontrei com mais pessoas que me cumprimentaram, buzinaram, pararam e conversaram comigo nos últimos dois dias, talvez no resto da viagem." 

Cameron-Smith explicou que nenhum dos membros de sua família tem autismo, mas que ele pedala para aqueles que o têm, porque ele acha que a sociedade não cuida bem deles.



Notícias relacionadas