Um em cada cinco portugueses sofre de doenças mentais

Na União Europeia, os problemas de saúde mental afetam 84 milhões de pessoas.

Um em cada cinco portugueses sofre de doenças mentais

A depressão e a ansiedade são os distúrbios que mais afetam os portugueses, num leque de doenças de saúde mental que incluem também a bipolaridade, o alcoolismo e o consumo de drogas.

Um estudo da OCDE concluiu que em 2015, na Europa, os distúrbios do foro psicológico custaram aos cofres do Estado português quase 4% do Produto Interno Bruto (PIB).

Portugal é o quinto país da União Europeia com maior prevalência de doenças de saúde mental, com 18,4% da população a sofrer destas doenças. Este é um valor acima da média europeia de 17,3%.

Em 2015, Portugal gastou quase 6,6 milhões de euros nesta área, um valor que representou 3,7% do PIB nesse ano.

O absentismo e a baixa produtividade são duas consequências indiretas dos problemas de saúde mental. Em 2015, o Estado português gastou mais de 2,8 mil milhões de euros com as doenças mentais.

Na União Europeia, os problemas de saúde mental afetam 84 milhões de pessoas.



Notícias relacionadas