Inglaterra prepara-se para a morte da Rainha Isabel II

O governo inglês reuniu-se para preparar os passos a dar depois do falecimento da monarca.

Inglaterra prepara-se para a morte da Rainha Isabel II

A Rainha Isabel II, com 92 anos, já é a monarca com o maior reinado da história. Qualquer questão relacionada com a sua saúde, parece ter-se transformado numa questão de estado.

Na semana passada, a monarca cancelou a sua presença numa missa em Londres por não se estar a sentir bem. E perante esta situação, o governo inglês mobilizou-se para os passos a dar logo a seguir à morte da Rainha Isabel II.

Desde a década de 60, existe um plano chamado “Operação Plano de Londres”, que contempla passo a passo todas as medidas a tomar quando a rainha falecer.

O primeiro passo do plano passa por decretar 10 dias de luto nacional. O plano prevê também que seja a primeiro ministro Theresa May a comunicar a notícia ao povo. O passo seguinte será a coroação do filho mais velho da Rainha Isabel II, o príncipe Carlos, como rei da Inglaterra. Logo a seguir à sua coroação, o novo rei deverá visitar a Escócia e o País de Gales para “mostrar que todas as nações são parte integral do reino”.

Entretanto, e antes de que haja algum anúncio oficial, a secretária da Rainha Isabel II telefonará à primeiro ministro para lhe dar a notícia, usando um código. A notícia da morte da monarca será dada com a frase “London Bridge is Down” (A Ponte de Londres caiu).



Notícias relacionadas