Erdogan: "A violência contra as mulheres é uma traição contra a humanidade"

Estamos à procura de remédios para os problemas de toda a sociedade, até de toda a humanidade quando se trata com os problemas das mulheres

Erdogan: "A violência contra as mulheres é uma traição contra a humanidade"

O presidente, Recep Tayyip Erdogan, dirigiu suas palavras em Istambul durante uma reunião por ocasião do Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra a Mulher, no dia 25 de novembro.

"Estamos buscando remédios para os problemas de toda a sociedade, mesmo de toda a humanidade quando se trata de problemas das mulheres. Uma sociedade que não pode resolver problemas como a desigualdade na educação e trabalho, a discriminação, a violência contra a mulher, não poderá enfrentar seus desafios ", disse Erdogan, que acrescentou que" se a mulher não existir, não haverá metade de sociedade".

"Nós fizemos reformas históricas para eliminar a barreira que impede as mulheres. O mais importante é a lei para eliminar a violência de gênero e proteger a família. Toda vez que as mulheres são defensoras de seus próprios problemas, tomamos medidas mais eficientes. A violência contra as mulheres é o problema do mundo inteiro. Isso não tem muito a ver com o nível de educação. As sociedades ocidentais também sofrem com esse problema. O básico é o ponto de vista das pessoa. O valor dado ao indivíduo. A religião islâmica dá especial importância às mulheres e às mães. Somos fiéis de uma religião que coloca o paraíso sob os pés das mães.



Notícias relacionadas