Save the Children avalia a influência negativa das políticas da UE em crianças imigrantes

Segundo a organização, a política de imigrantes da UE tem prejudicado as crianças imigrantes

Save the Children avalia a influência negativa das políticas da UE em crianças imigrantes

A organização não-governamental Save the Children publicou um relatório entitulado “Mantendo as Crianças no Centro: Tempo de Solidariedade da UE para Proteger os Direitos das Crianças Imigrantes”, na qual avaliou a influência negativa das políticas da UE em crianças imigrantes.

O relatório observou que as políticas atuais da UE se concentram em impedir a chegada de imigrantes e refugiados na Europa e que isso põe em perigo as crianças imigrantes.

O relatório observou que, em 2016, mais de 100 mil crianças imigrantes chegaram à Europa, um terço delas separada de suas famílias.



Notícias relacionadas