40% dos participantes no grupo terrorista PKK são menores de 18 anos

O grupo terrorista PKK transforma os menores em simpatizantes e depois em terroristas nos seus campos de treino.

40% dos participantes no grupo terrorista PKK são menores de 18 anos

Ficou a saber-se que cerca de 40% dos participantes no grupo terrorista PKK, são menores de 18 anos e criados em zonas rurais. Eles são primeiro convertidos em simpatizantes e depois em terroristas, nos campos para os quais são levados à força e lavados cerebralmente.

As crianças são preparadas para o ambiente de tiroteio com as forças da autoridade, atirando pedras, cocktéis molotov e balas de ferro, sendo depois observados pelos supostos líderes de um dos níveis do grupo e por ativos especialistas em lavagem cerebral, que depois os levam à força para campos nas montanhas, onde as crianças são detidas sob ameaça.

Cerca de 40% dos grupos rurais do grupo terrorista são menores de 18%, e 10% são menores de 15 anos. Com o objetivo de desestabilizar a Turquia, o grupo terrorista abusa das crianças sob o título de “guerrilheiros urbanos”. Sabe-se também que algumas meninas são abusadas fisicamente pelos supostos líderes do grupo.

Um terrorista que se rendeu às forças de segurança, disse que se juntou ao grupo terrorista quando tinha 13 anos, tendo-se juntado a uma brigada de juventude que dá formação durante 6 meses aos seus membros. Estas brigadas são compostas por jovens entre os 11 e os 15 anos de idade sequestrados na Síria, e que são depois treinados no campo da brigada de juventude durante os meses de verão.



Notícias relacionadas