Ömer Çelik reage contra Instagram que censurou uma imagem sobre a mesquita de Al Aqsa

"A mídia social censura aqueles que lutam contra esse ódio. Continuaremos a lutar contra o discurso de ódio."

1638612
Ömer Çelik reage contra Instagram que censurou uma imagem sobre a mesquita de Al Aqsa

O porta-voz do Partido da Justiça e Desenvolvimento (Partido AK), Ömer Çelik, reagiu contra o Instagram que censurou a contribuição de Selçuk Bayraktar (chefe de tecnologia do Baykar) que enviou a imagem dos judeus torcendo durante o incêndio na Mesquita de Al Aqsa .

“Aqueles que consideram o ódio como uma devoção estão festejando enquanto um santuário está queimando. A mídia social censura aqueles que lutam contra esse ódio. Continuaremos a lutar contra o discurso de ódio ”.

Çelik disse que “hoje a humanidade é Gaza. A humanidade é Jerusalém Oriental e Al Aqsa ”.

Bayraktar, expressou por meio de sua conta no Twitter, enfatizando que "dançar ao som das músicas enquanto os lugares sagrados são queimados, matar crianças e civis é ódio, brutalidade e massacre".

“Abaixo a sua hipocrisia que fala de liberdade de opinião e direitos humanos! , escreveu.”

 



Notícias relacionadas