Presidente Erdogan: "Todos os meios são mobilizados para os esforços de busca e resgate"

O presidente enviou suas condolências a Izmir e às cidades vizinhas, atingidas pelo terremoto.

1519233
Presidente Erdogan: "Todos os meios são mobilizados para os esforços de busca e resgate"

“Mobilizamos todos os meios disponíveis para concluir os esforços de resgate o mais rápido possível”, disse o presidente Recep Tayyip Erdogan sobre o terremoto de magnitude 6,6 que atingiu a cidade de Izmir na sexta-feira, 30 de outubro.

O presidente, durante seu discurso na Reunião do Comitê Científico de Saúde da Turquia, enviou suas condolências a Izmir e às cidades vizinhas, atingidas pelo terremoto.

“Nosso Governo, junto com os ministros e todas as instituições, está fazendo todos os esforços possíveis para salvar as pessoas que estão sob os escombros dos edifícios desabados e para ajudar todos os afetados pelo impacto. A Presidência para Gestão de Emergências e Desastres (AFAD), a Diretoria de Segurança, nossas unidades de saúde e outros funcionários públicos trabalham com o coração e a alma. Nossos ministros chegaram ao local do terremoto para garantir a coordenação no local. Mobilizamos todos os meios disponíveis para que os esforços de resgate sejam concluídos o mais rápido possível”, afirmou.

Referindo-se à luta da Turquia contra a pandemia Covid-19, o presidente afirmou:

“Os estudos de vacinas, que estão em estágio real de uso, são nossa maior esperança nesse sentido. A Turquia, por um lado, acompanha de perto os estudos de vacinas em países como China, Rússia e Estados Unidos, por outro lado, faz um intenso esforço para desenvolver sua própria vacina.

Espero que tenhamos chegado a um estágio em que possamos entregar nossa própria vacina aos nossos cidadãos na próxima primavera. A partir do final do ano, planejamos oferecer um ou mais dos estudos de vacinação em todo o mundo que nossos cientistas considerem adequados.

O presidente Erdogan também destacou que estão determinados a colocar a Turquia também em ciências, em primeiro lugar entre os países mais avançados do mundo.



Notícias relacionadas