O mundo simpatiza com a Turquia pelo forte terremoto em Izmir

Um terremoto de 6,6 graus ocorreu a 17 quilômetros do departamento de Seferihisar, na província turca de Izmir

1519094
O mundo simpatiza com a Turquia pelo forte terremoto em Izmir
İZMİR DEPREM
izmir deprem.jpg
deprem izmir 2.jpg

O Presidente da República Turca do Norte de Chipre, Ersin Tatar, telefonando para o Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, enviou suas condolências de condolências pelo terremoto que atingiu Izmir.

Tatar enfatizou que o povo cipriota turco está ao lado de seus irmãos na Anatólia, como sempre.

O presidente do Azerbaijão, Ilham Aliyev, telefonou para seu homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan, para expressar sua consternação com o terremoto que atingiu a província de Izmir na sexta-feira.

A Presidência anunciou que Aliyev manifestou o desejo de uma recuperação rápida.

Aliyev sublinhou que "o Azerbaijão está sempre pronto para tornar qualquer tipo de ajuda possível à irmã e amiga da Turquia".

O primeiro-ministro grego Kyriakos Mitsotakis também telefonou para o presidente Erdogan devido ao terremoto que atingiu algumas ilhas gregas, assim como Izmir, e matou 2 pessoas.

Durante a conversa, o presidente Erdogan e Mitsotakis trocaram suas condolências e votos de uma recuperação rápida.

O presidente Erdogan expressou que estão prontos para ajudar a Grécia, se necessário.

Por sua vez, o primeiro-ministro do Azerbaijão, Ali Asadov, telefonou para o vice-presidente turco Fuat Oktay logo após o terremoto e enviou a mensagem de que "eles estão prontos para todo tipo de ajuda".

O ministro do Interior da França, Gérald Darmanin, publicou uma mensagem de solidariedade à Turquia e à Grécia pelo terremoto no Mar Egeu e nas ilhas gregas.

“A França está ao lado dos povos turco e grego para superar este terrível teste. Se os governos desses países o solicitarem, a ajuda francesa é entregue à região imediatamente ”, escreveu Darmanin no Twitter.

O presidente do Conselho da Europa, Charles Michel, divulgou uma mensagem em sua conta no Twitter sobre o terremoto no Mar Egeu.

“Estamos acompanhando de perto a evolução do forte terremoto que ocorreu no Mar Egeu, nas águas da Grécia e da Turquia. Meus pensamentos estão com todos os afetados. A UE está pronta para fornecer apoio ”, disse Michel no Twitter.

Seis pessoas morreram, de acordo com as primeiras conclusões, pelo terremoto de 6,6 graus a 17 quilômetros do departamento de Seferihisar, na província de Izmir.

A Presidência para Gestão de Emergências e Desastres (AFAD) informou que 12 pessoas morreram e outras 419 ficaram feridas de acordo com as primeiras conclusões.

Enquanto isso, o governador de Izmir, Yavuz Selim Köşger, anunciou que 70 pessoas foram resgatadas até o momento.

 



Notícias relacionadas