"A Turquia continuará a proteger seus interesses no Mediterrâneo Oriental até a eternidade"

“As nossas relações com a UE não devem ser cativadas por alguns Estados-Membros”, sublinha Çavuşoglu.

1468966
"A Turquia continuará a proteger seus interesses no Mediterrâneo Oriental até a eternidade"

O Ministro dos Negócios Estrangeiros turco, Mevlüt Çavuşoglu , teve um encontro com o Alto Representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança Comum, Josep Borrell, em Malta, onde manteve uma série de contactos oficiais.

“As nossas relações com a UE não devem ser cativadas por alguns Estados-Membros. A UE deve manter a sua palavra sobre a migração. A Turquia continuará a proteger seus interesses no Mediterrâneo Oriental até a eternidade”, anunciou ele em sua conta no Twitter.

Entretanto, o Ministro das Relações Exteriores turco foi recebido pelo Presidente de Malta, George Vella.

“Transmitimos os melhores votos do Presidente Erdogan. Os convênios firmados durante sua carteira de Relações Exteriores contribuíram muito para o desenvolvimento de nossas relações. Vamos trabalhar junto com Malta na questão da crise na Líbia e da migração irregular”, frisou.

Declaração de Bruxelas

A União Europeia (UE) emitiu uma declaração na sequência da reunião entre Çavuşoglu e Josep Borrell em Malta.

De acordo com a Agência Anadolu, o porta-voz dos Negócios Estrangeiros e Política de Segurança da União Europeia (UE), Peter Stano, disse que "os estados membros da UE desejam que as relações mútuas sejam fortalecidas" com a Turquia.

Por meio de nota, Stano lembrou que “a Turquia é um importante parceiro da União Europeia” e que os países membros querem ver “as tendências negativas atuais revertidas” com este país.

Eles também mantiveram "discussões abertas e francas sobre as relações entre a UE e a Turquia e sobre a situação no Mediterrâneo Oriental, bem como sobre questões regionais importantes, em particular sobre os conflitos na Líbia e na Síria", disse ele.



Notícias relacionadas