Çavuşoğlu e seu colega italiano abordam a situação na Líbia e no Mediterrâneo Oriental

O Ministro das Relações Exteriores da Itália está em visita oficial a Ancara

1439546
Çavuşoğlu e seu colega italiano abordam a situação na Líbia e no Mediterrâneo Oriental

O ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlüt Çavuşoğlu, disse que, juntamente com a Itália, continuarão trabalhando em um processo político que trará paz e resultados duradouros para a Líbia.

Çavuşoğlu reuniu-se no Ministério de Ancara com o ministro das Relações Exteriores italiano, Luigi Di Maio.

Após a reunião, Çavuşoğlu mencionou o progresso na Líbia na conferência de imprensa conjunta.

Ele anunciou que eles continuarão trabalhando por um processo político que trará paz e resultados duradouros para a Líbia.

“Estamos cientes do papel crítico que a Itália desempenha. Somos gratos a eles. Eles tiveram um papel equilibrado. Eles não ficaram ao lado do golpista Haftar como alguns países europeus e mostraram esforços sinceros por um cessar-fogo e um processo político. ”

Ele acrescentou que, na questão da Líbia,  também querem ver a Itália nas plataformas binária e tripartida a partir de agora e disseram isso à Rússia e aos outros países.

O Mediterrâneo Oriental não é um campo de batalha, eles querem colaboração e são a favor de todos os países que compartilham sua riqueza lá, expressou.

"Nossa reação é direcionada àqueles que estão tentando isolar a Turquia".

O chefe da diplomacia turca expressou que eles podem colaborar com a Itália em atividades energéticas no Mediterrâneo Oriental.

Çavuşoğlu observou que eles conversaram com Maio que os vôos podem começar a partir de agosto.

Maio, por sua vez, disse que o conflito na Líbia deve terminar agora.

A Líbia não deve representar uma ameaça à segurança da Europa. É necessário nomear um representante da ONU o mais rápido possível. Queremos que haja um cessar-fogo duradouro na Líbia."



Notícias relacionadas