Çavuşoğlu fala sobre os respiradores comprados pela Espanha

"Permitimos o envio de 116 respiradores com a ordem do nosso Ministério da Saúde. Eles serão enviados para a Espanha nos próximos dias", disse o ministro das Relações Exteriores.

1391636
Çavuşoğlu fala sobre os respiradores comprados pela Espanha

O ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlüt Çavuşoğlu, fez declarações sobre algumas notícias publicadas na imprensa espanhola sobre os respiradores comprados pela Espanha de duas empresas turcas.

 

Lembrando que o ministro das Relações Exteriores da Espanha, Arancha González Laya, durante um discurso televisionado rejeitou firmemente todas as acusações contra a Turquia nesta questão em algumas regiões do país, Çavuşoğlu expressou:

"Laya agradeceu à Turquia ao enfatizar mais uma vez o apoio da Turquia à Espanha".

O chanceler turco esclareceu que algumas empresas na Turquia, apesar de conhecer os regulamentos de exportação, não deixam de responder às demandas de diferentes países para ganhar mais dinheiro ou assinar contratos, em vez de encaminhá-las ao Ministério da Saúde.

Çavuşoğlu enfatizou que as empresas não devem assinar contratos com outros países sem receber permissão.

"Essas empresas não devem manchar a imagem de nosso país para ganhar três ou cinco centavos a mais", acrescentou.

Referindo-se ao fato de avaliações errôneas serem feitas devido às notícias infundadas publicadas na imprensa espanhola, Çavuşoğlu declarou:

"Permitimos o envio de 116 respiradores com a ordem do nosso Ministério da Saúde. Eles já serão enviados para a Espanha nos próximos dias. Nosso Ministério da Saúde também determina qual produto e quando podemos enviar ”.

Ele observou que a ministra das Relações Exteriores da Espanha, Arancha González Laya, anunciou a verdade na transmissão ao vivo após as acusações na imprensa espanhola.

O chefe da diplomacia turca, citando o tweet de Laya no qual afirma 'Agradecemos o gesto do amigo e aliado Turquia', foi pontuado: "Estamos sempre ao lado do amigo Espanha. Vamos superar esses dias juntos. ”



Notícias relacionadas