A Turquia qualifica como "hipocrisia" a resolução do regime sírio sobre os incidentes de 1915

"Esta é a imagem da hipocrisia de um regime que faz cada tipo de massacre contra seu próprio povo sem discriminação de crianças há anos", disse Hami Aksoy, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Turquia.

A Turquia qualifica como "hipocrisia" a resolução do regime sírio sobre os incidentes de 1915

A Turquia descreveu o fato de reconhecer os incidentes de 1915 como "suposto genocídio" como "hipocrisia" do regime sírio.

“A resolução do Parlamento do regime sírio, em que os incidentes de 1915 são reconhecidos como um suposto genocídio, é um exemplo sombrio em si.

Esta é a imagem da hipocrisia de um regime que faz cada tipo de massacre contra seu próprio povo sem discriminação de crianças há anos, que causa o deslocamento de milhões de pessoas e é bem conhecido por sua habilidade no uso de armas químicas.

O drama humanitário causado por esse regime ainda continua e um dos mais graves desastres da história em nossas fronteiras está ocorrendo”, afirmou Hami Aksoy, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Turquia.



Notícias relacionadas