Turquia: "O plano de paz para o Oriente Médio nasceu morto"

"Este plano é um plano de anexação que visa matar a solução de dois estados e usurpar terras palestinas", disse o comunicado do Ministério das Relações Exteriores.

1349501
Turquia: "O plano de paz para o Oriente Médio nasceu morto"

A Turquia descreveu como "nascido morto" o suposto plano de paz, apresentado pelos Estados Unidos com a alegação de "resolver" a disputa entre Israel e a Palestina.

“Este plano é um plano de anexação que visa matar a solução de dois estados e usurpar terras palestinas. O povo e a terra da Palestina não estão à venda”, afirmou o Ministério das Relações Exteriores da Turquia.

Sublinhando que Jerusalém é a linha vermelha da Turquia, a declaração dizia:

“Não permitiremos que Israel justifique sua ocupação e perseguição. Sempre apoiaremos o povo irmão da Palestina. Continuaremos a trabalhar para uma Palestina independente dentro das terras palestinas. Não apoiaremos nenhum plano que não seja aceito pela Palestina. A paz no Oriente Médio não será obtida se as políticas de ocupação não terminarem.”

Na terça-feira, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump , anunciou na Casa Branca seu plano de paz para o Oriente Médio, referindo-se a Jerusalém como "a capital indivisível de Israel" e alertou que essa poderia ser "a última chance" para o palestinos



Notícias relacionadas