Terremoto em Elazig

No distrito de Sivrice em Elazig ontem, 22 pessoas morreram e 1.103 ficaram feridas no terremoto de magnitude 6,8 que ocorreu às 20.55 horas (horário local).

Terremoto em Elazig

Embora 40 pessoas tenham sido resgatadas até agora, os esforços para resgatar 21 pessoas consideradas sob os escombros continuam.

O terremoto, que ocorreu a uma profundidade de 6,75 quilômetros do solo, durou cerca de 40 segundos.

O terremoto foi sentido em Adana, Hatay, Osmaniye, Tunceli, Gaziantep, Şanlıurfa, Malatya, Mardin, Samsun, Tokat, Çorum, Kayseri e no norte da Síria.

O ministro do Interior Süleyman Soylu, o ministro do Meio Ambiente e Urbanização Murat Kurum e o ministro da Saúde Fahrettin Koca foram à zona do terremoto e fizeram investigações.

Soylu, Kurum e Koca realizaram uma conferência de imprensa sobre o terremoto de magnitude 6,8 no centro de coordenação no governo de Elazig.

O ministro do Interior, Soylu, disse em comunicado aqui:

"4 cidadãos em Malatya, no distrito de Doğanyol e 18 cidadãos em Elazig perderam a vida devido ao terremoto." expressou.

Soylu afirmou que no momento não há nenhum paciente grace com suas funções vitais comprometidas seundo os dos dados básicos que eles têm.

O Ministro Koca também apontou:

"Nossos 4 hospitais de campanha e 48 tendas estão prontos para instalação na zona do terremoto" salientou.

O ministro Koca também enfatizou que os helicópteros de ambulância e helicópteros de aeronaves estão prontos,

"Nesse sentido, quero dizer que não teremos problemas".

Enquanto isso o ministro pontuou,

"Estamos realizando trabalhos de avaliação de danos na superestrutura com 184 equipes compostas por 368 pessoas. Não há problemas de infraestrutura relacionados a águas residuais, água potável, estações de tratamento e esgoto" disse.

A Presidência de Gerenciamento de Desastres e Emergências (AFAD), o Crescente Vermelho Turco, a Equipe Nacional de Resgate Médico (UMKE), bombeiros, equipes médicas e suprimentos de emergência e equipes de busca e resgate de alguns municípios continuam seu trabalho na região.

Enquanto isso, depois do terremoto o Observatório de Kandilli anunciou ter magnitude 6,5, houve 228 tremores secundários na região.

Por outro lado, o Presidente Recep Tayyip Erdoğan acompanha de perto os trabalhos após o terremoto.

Erdogan anunciou que todas as medidas necessárias foram tomadas para garantir a segurança da vida.

O Presidente desejou a misericórdia de Deus para aqueles que perderam a vida no terremoto e cura urgente para os feridos.



Notícias relacionadas