“A Turquia não permitirá o aparecimento de uma nova distração na sua segurança fronteiriça”

“Está definido o que há a fazer a leste do Eufrates, na zona segura, no âmbito das regras que estabelecemos” – afirmou o porta-voz da Presidência.

“A Turquia não permitirá o aparecimento de uma nova distração na sua segurança fronteiriça”

Ibrahim Kalin, o porta-voz da Presidência da Turquia, compareceu esta terça-feira perante os jornalistas ao mesmo tempo que decorria a sessão do Gabinete no Complexo Presidencial (Kulliye), liderada pelo presidente Recep Tayyip Erdogan.

“O senhor presidente referiu-se à situação geral da Turquia, à segurança regional e aos paços a dar sobre as esferas económica e política. Além disso, sublinhou que continuará a ser seguida de perto a situação a este do Eufrates.

Todas as unidades estão atentas à situação em Idlib. A Turquia está a cumprir um papel importante na cidade síria” – resumiu o porta-voz Kalin, que recordou também que a Cimeira Tripartida que terá lugar em Ancara, na segunda-feira, encabeçada pelo presidente Erdogan, irá também abordar estes temas.

Sobre a situação a leste do Eufrates e a criação da zona segura, Kalin disse o seguinte:

“Não permitiremos que ocorram distrações ou adiamentos como aconteceu em Manbij, tal como já disseram o presidente e o ministro dos Negócios Estrangeiros. Está definido o que há a fazer a leste do Eufrates, na zona segura, no âmbito das regras que estabelecemos” – afirmou o porta-voz da Presidência.



Notícias relacionadas