Erdogan e Trump discutem a situação na Síria, ressaltam a necessidade de "comunicação saudável"

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, conversou por telefone com seu colega americano, Donald Trump.

Erdogan e Trump discutem a situação na Síria, ressaltam a necessidade de "comunicação saudável"

As relações bilaterais e a situação recente na Síria foram discutidas.

O chefe de estado turco disse estar satisfeito com a decisão de Trump de retirar o contingente dos EUA da Síria e expressou a disposição da Turquia em fornecer qualquer tipo de ajuda aos EUA, um membro da OTAN.

Os dois líderes enfatizaram a necessidade de completar o roteiro em Manbij para que não haja vácuo de autoridade na região e não permitam que os elementos que tentam impedir a implementação da decisão de retirada sejam beneficiados.

Além disso, referiram-se à importância de uma comunicação saudável voltada para a opinião pública.

Erdogan e Trump também discutiram a ideia de criar uma zona livre de terrorismo no norte da Síria com base na integridade territorial do país.

O presidente turco afirmou que a Turquia não tem nenhum problema com os curdos, mas que seu objetivo é combater o grupo terrorista do PKK e suas ramificações na Síria e na DAESH, que representam uma ameaça à sua segurança nacional.

As palavras de Trump ("Atacaremos a economia turca se uma operação for realizada contra os curdos na Síria") desencadearam uma onda de reações.

Os dois líderes concordaram em elevar o nível das relações econômicas.


Etiquetas: Curdos , síria , Trump , Erdogan

Notícias relacionadas