Turquia reage a Netanyahu: "Não podem calar o nosso presidente"

O porta-voz presidencial Ibrahim Kalın e o porta-voz do AK, Ömer Çelik, reagiram ao primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, por criticar o presidente Recep Tayyip Erdogan

Turquia reage a Netanyahu: "Não podem calar o nosso presidente"

Ancara reagiu ao primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, que criticou o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, pelas operações turcas contra o grupo terrorista separatista PKK.

O porta-voz do presidente Ibrahim Kalın disse em sua conta no Twitter que o primeiro-ministro israelense Netanyahu está novamente incomodado com o fato de o presidente Erdogan ter dito a verdade.

"Netanyahu, que tem problemas com investigações em seu país, tenta desviar a atenção, mas em vão. De maneira alguma eles podem encobrir as políticas israelenses de ocupação e brutalidade, nem podem silenciar nosso presidente ", disse.

Por seu lado, o porta-voz do Partido da Justiça e Desenvolvimento (AK Party), Ömer Çelik, reagiu com essas palavras:"É significativo que Netanyahu seja perturbado pelas operações realizadas pelo exército turco e pelas forças de segurança contra os alvos do PKK", twittou.

Expessou que Netanyahu está muito incomodado com as advertências do presidente Erdogan em nome da humanidade e dos inocentes, e continuará a ficar incomodado.

"Benjamin Netanyahu, acusado de fraude nas investigações realizadas em Israel contra si mesmo, tenta manipular a opinião pública internacional. Netanyahu acredita que pode encobrir as realidades atacando nosso presidente e exército ", disse.



Notícias relacionadas