“O relatório da ONU corresponde à propaganda dos grupos terroristas”

O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Turquia classificou o relatório como sendo “alegações infundadas que correspondem à propaganda dos grupos terroristas”.

933888
“O relatório da ONU corresponde à propaganda dos grupos terroristas”

A Turquia condenou o relatório das Nações Unidas que pede à Turquia para levantar o Estado de Emergência.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Turquia classificou o relatório como sendo “alegações infundadas que correspondem à propaganda dos grupos terroristas”.

Na resposta do governo turco, pode ler-se “O Gabinete do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH), publicou hoje, dia 20 de março, um documento classificado como “relatório” focado sobre as medidas do Estado de Emergência na Turquia. Este artigo, que ignora as ameaças terroristas polifacetadas contra o nosso país, e ignora o impacto sobre os direitos humanos da intentona golpista do 15 de julho de 2 016, que teve como alvo o futuro e a vida democrática da nossa nação.

Podem observar-se abertamente as declarações à opinião pública do alto comissário, que assina o documento, nas quais perde a sua imparcialidade e objetividade nas questões sobre a Turquia, e que tem muitos preconceitos pessoais contra o nosso país. Este último documento publicado contém alegações infundadas, que correspondem à propaganda dos grupos terroristas.

Este documento causa uma situação perigosa no sistema de direitos humanos, devido à sua avaliação longe de ser objetiva. A Turquia mantém a sua determinação em proteger os direitos humanos, em avançar com os seus padrões atuais para níveis superiores e em realizar cooperação com as instituições internacionais, inclusivamente as Nações Unidas”.



Notícias relacionadas