Erdogan: "O DAESH e o YPG são as duas caras da moeda"

Erdogan participou do Congresso da Presidência Provincial de Karaman do Partido da Justiça e Desenvolvimento

Erdogan: "O DAESH e o YPG são as duas caras da moeda"

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, deu a mensagem de determinação na luta contra a Organização Terrorista Fethullahista/ Estrutura do Estado Paralelo (FETÖ / PDY).

Erdogan participou do Congresso da Presidência Provincial de Karaman do Partido da Justiça e do Desenvolvimento (Partido AK) e disse que vão perseguir este grupo de assassinos até o último membro do FETÖ/PDY aparecer no tribunal.

O presidente referiu-se às operações lançadas para recuperar a cidade síria de Al-Raqqa das mãos do grupo terrorista DAESH.

"O teatro de Al-Raqqa mostrou-se de tal forma que não será mais negado que o DAESH e o YPG sejam as duas caras da moeda. É o mesmo centro que diz "foge" para o DAESH e diz "pega" ao YPG na Síria.

Existem dois caminhos para a Turquia. Ou nos renderemos ou lutaremos. Ou a Turquia aceitará a intocabilidade ou abraçará estritamente a independência. Hoje, escolhemos lutar como aconteceu em cada etapa da nossa vida política de 40 anos".

Erdogan, em relação à decisão de proclamar Jerusalém Oriental como a capital palestina tomada na reunião da Organização para a Cooperação Islâmica, disse: "Não podemos inaugurar a nossa Embaixada porque está sob ocupação". Nosso Consulado Geral é representado pelo embaixador. De fato, realizamos esse trabalho, e oficialmente inauguraremos nossa embaixada no futuro próximo.

Enquanto isso, o presidente em seu discurso oferecido na cerimônia de inauguração coletiva em Karaman, disse:

"Seja qual for o nome, eles são a Organização Terrorista Fethullahista, PYD, YPG e DAESH. Destruiremos todas as formações terroristas, qualquer que seja o seu telhado".



Notícias relacionadas