Erdogan: "Não reconhecemos e nunca reconheceremos a decisão de Trump”

Erdogan discursou no Programa do Dia dos Direitos Humanos organizado pela Câmara de Comércio de Ancara

Erdogan: "Não reconhecemos e nunca reconheceremos a decisão de Trump”

"Aqueles que se consideram donos de Jerusalém, devem saber que amanhã não encontrarão uma árvore atrás da qual poderão se esconder", disse o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.

Erdogan discursou no Programa do Dia dos Direitos Humanos organizado pela Câmara de Comércio de Ancara.

"Os EUA contribuem para o derramamento de sangue depois que o presidente Donald Trump reconheceu Jerusalém como a capital israelense. Nós não reconhecemos e nunca reconheceremos a decisão de Trump. Não nos interessa a decisão sobre Jerusalém de Trump", disse ele.

Erdogan afirmou que não é possível que o vandalismo, a brutalidade e a descortesia em Jerusalém continuem para sempre.

O presidente disse que a luta não terminará até que um Estado palestino soberano e independente seja fundado com capital em Jerusalém Oriental dentro das fronteiras de 1967.

Em seu discurso, Erdogan também falou da economia turca, indicando que para aqueles que tentavam mostrar uma Turquia fraca, a melhor resposta foi dada com os números do crescimento econômico:

"A Turquia não decepcionou e nem decepcionará aqueles que nela confiam e investem".



Notícias relacionadas