Operação Fonte da Paz

"O objetivo é a paz
o alvo é o terrorismo"

"Este mundo não tem esperança para o futuro de bilhões de pessoas"

"Os líderes do mundo devem assumir mais responsabilidade perante a ONU, deixar a competição e buscar soluções", explicou Yıldırım

"Este mundo não tem esperança para o futuro de bilhões de pessoas"

O primeiro-ministro turco, Binali Yıldırım, disse que lançar bombas e balas contra as pessoas durante as preces de sexta-feira não tem nada a ver com a humanidade.

Durante seu encontro com estrangeiros graduados na Turquia, Yıldırım condenou o ataque terrorista no Egito.

"O número de refugiados em todo o mundo ultrapassou os 55 milhões. O número de países que têm essa população é de apenas 25. Isso significa que o 26º maior país do mundo é o dos refugiados. Este é o mundo em que vivemos. Este mundo não tem esperança para o futuro de bilhões de pessoas. Os líderes do mundo devem assumir mais responsabilidade perante as Nações Unidas, deixar a competição e buscar soluções ", explicou.

O primeiro-ministro acrescentou que a maioria dos graduados na Turquia alcançou posições muito importantes em seus países. "A irmandade entre nossos países e nós é o lote comum de todos".

"A Turquia é um país que caminha para o futuro. Hoje, o Oriente Médio está testemunhando o derramamento de sangue dos irmãos e o ajuste de contas sangrentas. Todos esperam um retorno à essência. A Turquia está liderando esse retorno. Nosso presidente está enviando esta mensagem ao mundo por esse motivo: "O mundo é maior do que os cinco".



Notícias relacionadas