O 94º aniversário da República foi celebrado com entusiasmo nos quatro cantos do mundo

Em Antalya, quase 20 mil pessoas durante uma rota de 4 quilômetros levaram a bandeira turca de 600 metros

836926
O 94º aniversário da República foi celebrado com entusiasmo nos quatro cantos do mundo

Viveu-se o entusiasmo do dia 29 de outubro, o Dia da República.

Em Mersin, os cidadãos com deficiência física celebraram o 29 de outubro, Dia da República sob o mar.

Costa Konyaaltı foi o primeiro endereço em Antalya do entusiasmo do dia 29 de outubro, Dia da República.

As celebrações começaram na noite de 28 de outubro.

Milhares de habitantes de Antalya se reuniram na costa.

Quase 20 mil pessoas durante uma rota de 4 quilômetros com a bandeira turca de 600 metros levaram o cartaz gigante do fundador da República da Turquia, o veterano Mustafa Kemal.

Em Mersin, cidadãos com deficiência física celebraram o Dia da República sob o mar.

Os cidadãos que participaram do programa fizeram um mergulho sob a observação de mergulhadores profissionais.

A bandeira turca de 29 metros quadrados preparada especialmente para 29 de outubro foi aberta na superfície do mar.

O endereço da República em Diyarbakır foi o desfile de honra em frente ao governo.

Na alegria da soberania, as crianças eram sócias com as bandeiras turcas.

Com o entusiasmo de 29 de outubro, foram concedidos prêmios aos atletas que obtiveram êxito.

Em Gaziantep crianças com deficiência e doentes renais, os habitantes da casa de repouso divertiram-se juntos na celebração de 29 de outubro, Dia da República.

Na programação da celebração que aconteceu em uma atmosfera de festival, a banda deu um show e as crianças recitaram poemas.

Em Erzurum, a orquestra otomana e a banda militar juntas cantavam canções folclóricas.

Nas celebrações em Malatia, o espetáculo nostálgico dos automóveis formaram espetáculos coloridos.

O espetáculo folclórico do Cáucaso em Kars fez viver momentos inesquecíveis ao vivo para aqueles que participaram.

Em Batman havia a dança popular da República.

No desfile em Sinop participaram o carro de bois, um dos símbolos da luta pela salvação.



Notícias relacionadas