Presidente Erdogan deixa o aviso: “a administração de Barzani está a atirar-se para o fogo”

“O único motivo pelo qual a Turquia está contra esta consulta ilegal, é por querer o bem dos curdos, dos árabes e dos turcomenos”.

Presidente Erdogan deixa o aviso: “a administração de Barzani está a atirar-se para o fogo”

“A administração de Barzani atirou-se para o fogo. Este fogo poderá tocar-nos ligeiramente, mas deixaria outros muito queimados” – afirmou o presidente turco Recep Tayyip Erdogan – ao criticar a consulta ilegal convocada por Messud Barzani, o líder da Autoridade Regional Curda do Iraque (IKBY).

Durante a cerimónia de graduação na Academia de Polícia, Erdogan deixou a pergunta: “Quem vai reconhecer a vossa independência? O único motivo pelo qual a Turquia está contra esta consulta ilegal, é por querer o bem dos curdos, dos árabes e dos turcomenos. Os turcomenos daquela região estão a ser maltratados e estão a fazer vista grossa aos seus direitos. É inevitável que esta tentativa, apesar de todos os avisos, não alcance os seus objetivos. Não irão surgir novos Lawrence” (em referência ao histórico espião britânico).

O presidente Erdogan acrescentou ainda que “estão muito próximas da Turquia as contas feitas sobre o Iraque e a Síria, bem como os incidentes em ambos os países”. Segundo o presidente turco, “se se tivessem concretizado os planos contra a Turquia, agora estaríamos a falar de outras coisas na nossa região, e sobretudo no Iraque e na Síria. Devido aos nossos esforços, foram desativadas as armadilhas e por isso estão a tentar usar novos truques”.



Notícias relacionadas