Chamada de Erdoğan para a solução da crise humanitária na Birmânia

Erdoğan sublinhou que a violência na Birmânia contra os muçulmanos faz-se sentir profundamene no mundo islâmico

Chamada de Erdoğan para a solução da crise humanitária na Birmânia

O presidente Erdoğan nas conversas telefônicas que fez com os líderes dos países islâmicos por ocasião da Festa do Sacrifício fez um chamado para  intensificar as tentativas para resolver a crise humanitária na Birmânia.

O presidente Recep Tayyip Erdoğan fez conversas telefônicas com o presidente da Mauritânia, Veled Abduaziz, o presidente paquistanês Mamnoon Hussain, o presidente iraniano Hasan Rouhani e o emir do Qatar Sheikh Tamim bin Hamad Al Thani.

O presidente desejou que a Festa do Sacrifício, especialmente o mundo islâmico, traga a paz a toda a humanidade e que os problemas vividos na Síria, no Iraque, no Iêmen, na Palestina e na Líbia ofuscam a alegria da festa dos muçulmanos.

Erdoğan por ocasião da Festa do Sacrifício fez um chamado aos líderes dos países islâmicos para que intensifiquem as tentativas de resolver a crise humanitária na Birmânia.

Foi relatado que as negociações por telefone de Erdoğan continuarão.



Notícias relacionadas