Çavuşoğlu: "a Conferência de Crans-Montana é a última chance para a questão do Chipre"

Çavuşoğlu conduziu reuniões bilaterais no âmbito da conferência sobre a reunificação do Chipre, que são realizadas no resort suíço de Crans-Montana

Çavuşoğlu: "a Conferência de Crans-Montana é a última chance para a questão do Chipre"

O ministro dos Negócios Estrangeiros turco Mevlüt Çavuşoğlu disse que a conferência de Crans-Montana é a última chance para resolver a questão de Chipre.

"Esta é a última conferência. Portanto, devemos alcançar um resultado aqui", disse ele.

Çavuşoğlu realizou negociações bilaterais no âmbito da conferência sobre a reunificação do Chipre de Crans-Montana que continua a acontecer na Suíça. Primeiro, foi negociado com o Secretário-Geral da ONU, Antonio Guterrez, e depois com o presidente da República Turca do Norte do Chipre (RTNC), Mustafa Akıncı com quem discutiu as medidas a serem tomadas para o progresso das negociações.

O ministro dos Negócios Estrangeiros turco, nos seus contatos bilaterais após comunicado, salientou que as delegações da Turquia e da RTNC agiram sincera e construtivamente na conferência.

Ele respondeu assim à pergunta de um jornalista cipriota grego por que se recusou a negociar com seu homólogo cipriota grego Nikos Kotzias . "Eu não neguei, apenas não pudemos ajustar o tempo. Se Katzias lhe disse algo, desculpe-me, mas ele não diz a verdade. Por que não aderi? Ele é meu melhor amigo"



Notícias relacionadas