Forças Armadas da Turquia destroem os depósitos de armas do grupo terrorista PKK

As operações decorreram em Beytussebap e Silvan.

Forças Armadas da Turquia destroem os depósitos de armas do grupo terrorista PKK

O grupo terrorista separatista PKK sofreu um duro golpe em Beytussebap e em Silvan, tendo sido capturados mais materiais e operações numa só operação do que nos 19 dias anteriores da operação “Comandante Mártir Ahmet Kahraman da Jandarmeria – 2”.

Foram identificados 25 esconderijos usados pelos terroristas na zona entre os montes de Incebel e Kato. Entre os muitos materiais e armas capturados, incluem-se 444 metralhadoras Kalashnikov, 46 G-3, 15 BIXI e 2 MG-3, para além de 2 Dochka antiaéreos, 5 lança-granadas, 10 projeteis, 1 espingarda de franco atirador, 4 armas de Lava e 12 bombas de projeteis.

Foram também apreendidas muitas munições, incluindo mais de 130 mil balas de espingardas e metralhadoras, 7 330 balas de Dochka, mil balas anti-caçadores, 2 balas de projétil, 395 granadas, 400 detonadores, 336 munições de lança-granadas pessoas, 16 minas antitanque, 10 bombas de fumo, e 4,5 toneladas de explosivos de nitrato de amónio.

Nos esconderijos agora encontrados, foram também encontrados muitos computadores, câmaras, binóculos noturnos, rádio, televisões e discos rígidos. Para além de todo este material, foram ainda apreendidas toneladas de mantimentos alimentares, milhares de fatos e produtos de saúde.

Prosseguem agora os trabalhos com muitas máquinas – incluindo 3 escavadoras e 8 perfuradoras – para destruir os túneis onde estavam guardados estes materiais, para que não possam ser usados outra vez.



Notícias relacionadas