Cerimónia por ocasião do Dia ANZAC

Turcos, australianos e neozelandeses comemoram lado a lado o desembarque dos soldados ANZAC na Península de Galipoli.

Cerimónia por ocasião do Dia ANZAC

No âmbito das cerimónias de comemoração do 102º aniversário das Batalhas Terrestres de Dardanelos, teve lugar na Península de Galipoli a Cerimónia do Alba.

Um grupo formado por australianos e neozelandeses passou a noite no centro da cidade de Çanakkale na Península de Galipoli. Os participantes, envoltos em mantas e sacos-cama, assistiram ao documentário e reportagens sobre a Batalha de Dardanelos e às cerimónias do Dia ANZAC (Forças Armadas da Austrália e Nova Zelândia), enquanto esperavam o início da cerimónia principal.

A Cerimónia do Alba começou às 05:30, com a colocação de um cadafalso na Baía dos ANZAC. O evento teve a duração de uma hora.

Nesta cerimónia participaram a ministra australiana dos Negócios Estrangeiros Julie Bishop, o vice-governador de Çanakkale em representação da República da Turquia, o embaixador do Reino na Turquia, Richard Moore, o embaixador australiano na Turquia, James Larsen, o embaixador neozelandês na Turquia, Jonathan Curr e muitos responsáveis nacionais e estrangeiros.

Durante a cerimónia foi lida a carta do Grande Líder Mustafa Kemal Ataturk, dirigida às famílias dos soldados estrangeiros que morreram na Batalha de Dardanelos. O evento incluiu também um minuto de silêncio e os representantes estrangeiros ofereceram coroas de flores.

O Dia ANZAC comemora o aniversário de 25 de abril de 1 915, o dia em que as tropas ANZAC desembarcaram em Galipoli.



Notícias relacionadas