Turquia abre arquivos otomanos sobre a Palestina

O governo turco vai desclassificar os arquivos otomanos para ajudar na solução do problema israelo-palestiniano.

Turquia abre arquivos otomanos sobre a Palestina

A Presidência dos Turcos no Estrangeiro e as Comunidades Associadas do Gabinete do Primeiro Ministro (YTB na sigla em turco), vão realizar um estudo que ajudará a esclarecer a questão israelo-palestiniana, que permanece como uma ferida aberta no Médio Oriente há mais de meio século.

Os documentos nos arquivos otomanos que dizem respeito à Palestina, serão partilhados com a opinião pública, e traduzidos para turco, árabe e inglês.

Espera-se que estes documentos, que serão desclassificados no âmbito do projeto Documentos sobre a Palestina nos Arquivos Otomanos, constituam um exemplo para as disputas em tribunal da atualidade.

Com a realização deste estudo, espera-se que a Turquia possa contribuir de forma significativa para a solução da questão palestina.


Etiquetas:

Notícias relacionadas