Erdoğan inaugura nova linha do metro de Istambul

O projeto para uma nova Turquia, será uma nova constituição e um novo sistema presidencial, disse o presidente turco durante a inauguração de uma nova linha de metro.

Erdoğan inaugura nova linha do metro de Istambul

Erdoğan fez estes comentários durante o lançamento da nova linha do metro de Istambul que liga Levent a Rumeli Hisarüstü.

Dirigindo-se à oposição, cujo alvo é conseguir mais 10 porcento dos votos na próximas eleições para poder formar um governo de coligação, o presidente disse que um projeto de coligação seria um pesadelo.

Continuou dizendo que o projeto necessário para o desenvolvimento de uma nova Turquia é uma nova constituição e um novo sistema presidencial.

A construção da nova linha de metro agora inaugurada demorou 28 meses; tem 4 estações e capacidade para transportar 8100 pessoas por hora.

Em relação à estação de metro, Erdoğan disse que cada nova estação é um passo para o alvo de dar a Istambul o maior sistema de transporte ferroviário do mundo.

O presidente acrescentou que agora Istambul tem 144 quilómetros de ferrovia e que, com mais projetos como este, esperam atingir 430 quilómetros até 2019.

Também assistiram à cerimónia de inauguração o primeiro-ministro, Ahmet Davutoğlu, o ministro dos transportes, Feridun Bilgin e o ministro dos assuntos europeus, Volkan Bozkır.

Bilgin lembrou que a linha inaugurada foi completada por 1200 engenheiros e trabalhadores no tempo recorde de 28 meses.

Erdoğan agradeceu ao ministro dos transportes e à municipalidade de Istambul pelos seus esforços nesta obra.

O congestionamento rodoviário é o principal problema na maior e mais populosa cidade da Turquia. Mais de três milhões de veículos estão registados na província e cerca de um milhão e meio de pessoas cruzam do lado europeu para o asiático todos os dias pelas pontes e pelo metro Marmaray, que é o mais profundo túnel de ferrovia submarino do mundo.


Etiquetas:

Notícias relacionadas