Turquia planeia transformar as escolas de Gulen em Fundações

Arinç disse que se está a trabalhar na criação de um fundo para viabilizar o projeto.

Turquia planeia transformar as escolas de Gulen em Fundações

O vice-primeiro ministro turco Bulent Arinç, disse na segunda-feira que o governo decidiu transformar em fundações as escolas geridas por Gulen no estrangeiro, devendo o seu financiamento ser assegurado por donativos e parcialmente pelo Estado.

O movimento Gulen é dirigido pelo clérigo Fethullah Gulen a partir dos Estados Unidos, que a Turquia acusa de querer derrubar o governo turco através de um “Estado Paralelo”, composto por membros de topo da administração pública, incluindo o poder judicial e a polícia.

“O sistema que estamos a implementar será garantidamente uma fundação e irá operar numa base voluntária”, afirmou Arinç numa conferência de imprensa em Ancara. O novo modelo será inspirado no Instituto Yunus Emre, que realiza atividades culturais, artísticas e científicas nos seus centros culturais.

"O governo tem de ser transparente relativamente ao modelo de financiamento e estamos à procura de formas legais de o fazer", disse também o vice-turco, sem no entanto especificar exatamente como a questão vai ser resolvida.

Arinç frisou ainda que estas escolas não são um projeto missionário religioso, mas sim verdadeiras unidades educativas e embaixadas culturais no estrangeiro.

"Uma fundação 70% financiada por particulares e 30% pelo Estado é possível", disse Arinç, tendo também referido que está para breve o anúncio do nome da nova fundação.


Etiquetas:

Notícias relacionadas