Revista de imprensa turca: 28.12.2017

Eis os temas hoje em destaque nos principais jornais da Turquia:

Revista de imprensa turca: 28.12.2017

Vatan: “Erdogan: Assad é um terrorista que implementou o terrorismo de estado”

O presidente Recep Tayyip Erdogan está em Tunes, a capital da Tunísia, o último país do seu périplo por países africanos. O presidente Erdogan participou numa conferência de imprensa conjunta com o presidente da Tunísia, Al Baci Kaid as-Sibsi. Ao falar sobre a questão da Síria e sobre os últimos desenvolvimentos no país, Erdogan disse que “Não é possível trabalhar com Assad. Digo-o aberta e concretamente: Assad é um terrorista que implementou o terrorismo de estado”.

 

Hurriyet: “Temos que reduzir o número de inimigos e aumentar o de amigos”

O presidente Recep Tayyip Erdogan, enquanto viajava do Chade para a Tunísia no quadro das suas visitas oficiais a países africanos, fez declarações aos jornalistas que o acompanharam no avião. Perante a pergunta se poderá realizar visitas à Alemanha e à Holanda para reavivar o processo de adesão à União Europeia, o presidente turco disse o seguinte:

“Não há qualquer motivo para que eu não possa fazer essas visitas. Eu digo sempre que que nós precisamos de diminuir o número dos nossos inimigos e aumentar o de amigos. Não temos qualquer problema nem com a Alemanha, nem com a Holanda ou a Bélgica. Pelo contrário, os governos desses países são compostos por pessoas que já foram minhas amigas. Eles cometeram erros em relação a mim, mas esse é outro assunto. Por exemplo, eu tinha negociações com o primeiro ministro Rutte da Holanda, tal como o fazia com os primeiros ministros da Bélgica e da Alemanha. Sempre tivemos relações com Steinmeir e Merkel. Sempre houve problemas mas os últimos contactos foram muito bons”.

 

Sabah: “O primeiro ministro Yildirim esteve em negociações com o rei da Arábia Saudita, Salman bin Abdulaziz”

O primeiro ministro turco, Binali Yildirim, efetuou negociações com o rei da Arábia Saudita, Salman bin Abdulaziz. Durante o encontro, foi sublinhada a importância do estatuto de Jerusalém e assinalada a necessidade de todo o mundo muçulmano se mover em conjunto, para garantir a proteção dos direitos dos palestinianos. Foi também reforçada a importância da decisão tomada pela Assembleia Geral das Nações Unidas, que passou uma forte mensagem da comunidade internacional.

Durante o encontro entre o primeiro ministro turco e o rei saudita, foi também sublinhada a importância dada às relações entre a Turquia e a Arábia Saudita, um dos países mais importantes do Golfo Pérsico e do Médio Oriente.

 

Haber Turk: “Foi anunciado o primeiro projeto que será implementado na ilha que o Sudão concedeu à Turquia”

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Sudão, Ibrahim Ghandour, disse que a Turquia vai construir um porto na ilha de Sevakin, o local onde passará a ser feita a manutenção dos barcos civis e militares. Ghandour disse que o acordo alcançado em relação a este porto é um dos projetos que faz parte de um pacote de investimentos no valor de 650 milhões de dólares. O ministro sudanês disse ainda que o tratado assinado entre os dois países também abre a porta a todos os tipos de colaboração militar.

 

Star: “Turquia envia reforços para o Qatar”

O Qatar anunciou que chegaram ao país reforços turcos, que incluem também elementos do Comando de Forças Conjuntas. Na declaração feita pelo Ministério da Defesa do Qatar, foi indicado que segundo o acordo de defesa comum entre o Qatar e a Turquia, os reforços turcos irão fazer parte da Brigada Tarik bin Ziyat. A declaração refere também que o tratado entre os dois países contempla as áreas da luta contra o terrorismo e contra os movimentos violentos, e ainda a tentativa de garantir a segurança na região.

Com os reforços agora enviados pela Turquia, foi assinalada a intenção de realizar manobras militares conjuntas, para fazer crescer a capacidade de combate das Forças Armadas do Qatar.



Notícias relacionadas