Revista de imprensa turca: 18.04.2017

Eis os temas hoje em destaque nos principais jornais da Turquia:

Revista de imprensa turca: 18.04.2017

Haber Turk: “Foi dado o sinal para novembro de 2 019”

O presidente Recep Tayyip Erdogan afirmou que os resultados do referendo são um sinal para as eleições de 2 019. Erdogan sublinhou que ainda há passos muito importantes por dar:

“Temos que avançar na questão dos investimentos em infraestrutura e na superestrutura do ponto de vista material. Os passos a dar para os nossos cidadãos, em particular na questão da educação, da moral e da espiritualidade, encabeçam os passos que vamos dar” – anunciou o presidente turco, que disse também que não está eufórico com a vitória.

 

Sabah: “Não permitimos o terrorismo”

O presidente Recep Tayyip Erdogan apelou ao mundo ocidental para que desista de apoiar o terrorismo. Erdogan salientou que alguns países ocidentais não se abstém de proclamar claramente a sua hostilidade face à Turquia, dando apoio às organizações terroristas na Síria.

“A Turquia nunca permitirá a implementação do terrorismo junto às suas fronteiras. Aqueles que pensam que conseguirão pôr a Turquia de joelhos, face aos terroristas usados pelos países ocidentais como mercenários na região, irão ver muito em breve que estão enganados” – afirmou o presidente turco. Erdogan acrescentou ainda que a operação Escudo do Eufrates não foi a última operação da Turquia, mas sim a primeira.

 

Yeni Safak: “Toda a gente deve respeitar os resultados”

Os países vizinhos da Turquia apoiaram os resultado do referendo de 16 de abril. O porta voz do Kremlin, Dmitri Peskov, indicou que todos devem respeitar a decisão tomada pelo povo turco no referendo. O governo grego também revelou que respeita a decisão da população turca: “apoiamos a estabilidade e a democracia no país vizinho” – indicou Atenas.

O porta voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Irão, Bahram Qasemi, afirmou que “respeitamos tudo o que foi aprovado pela maioria do povo turco”.

 

Star: “Mobilização dos investidores estrangeiros”

Pensa-se que o resultado vitorioso do “sim” no referendo irá mobilizar o setor imobiliário. Os representantes do setor indicaram que os estrangeiros em particular, irão aumentar os seus investimentos em residências na Turquia ao longo do próximo período: “Este é o tempo de comprar propriedades. Os preços são adequados, as taxas de juro são baixas e a taxa de câmbio está estável” – dizem os representantes do setor, que sublinham que o mercado é muito tentador.

Por outro lado, a Feira Expo Turkey By Qatar, que irá decorrer entre os dias 19 e 21 de abril, será de grande importância para o mercado do Golfo, que quer comprar casas na Turquia.

 

Vatan: “Regista-se mobilidade nos mercados”

A Turquia concluiu o processo de referendo. O dólar americano recebeu o “sim” desvalorizando-se face à lira turca. As taxas de juro também entraram numa tendência de queda. Continuam as perspetivas positivas para os ativos em lira turca. A Bolsa de Istambul, que subiu até máximos nos 91 000 pontos, continua a chamar a atenção.

Segundos os especialistas, a economia irá continuar a dar sinais positivos e oferece grandes oportunidades aos investidores estrangeiros. Além disso, vão também aumentar os investimentos privados na Turquia, já que o mundo dos negócios não tem qualquer preocupação com a estabilidade política graças ao sistema presidencialista.



Notícias relacionadas